Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pessoas e coisas da vida

pessoas e coisas da vida

27.03.20

desafio de escrita dos pássaros #2.8

Foi tao bom, não foi?


imsilva

E ele começou, devagar, devagarinho. O seu toque era suave, macio e quente. Sabia bem onde tocar, onde mexer, era um expert.

A música era relaxante, capaz de nos fazer levitar, como se não bastasse o seu toque para isso.

E eu...estava à beira das lágrimas, lágrimas de prazer, de felicidade, sem conseguir entender de onde vinha a leveza de alma que me consumia nesse momento.

E o tempo corria, não sei bem para onde, impossível de perceber os caminhos que percorria, mas sei que os meus sentidos viajavam sem rumo, sem bússola, sem sol que os guiasse por caminho certo. Tinham ganho asas e voavam...

Quanto tempo tinha acontecido? Onde estava a minha pessoa? Quem era eu?

E ouvi a sua voz baixinho, murmurada - D. Isabel, já está. Foi bom não foi?

Se foi bom??? Nossa Senhora, não, não foi! Foi maravilhoso!

Aquela massagem aos pés foi a glória na terra, e deu-me pelo menos, mais 10 anos de vida.  

 

14 comentários

Comentar post