Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pessoas e coisas da vida

pessoas e coisas da vida

01.07.19

Domingo à noite e a vida


imsilva

Depois de 6 horas de trabalho, 3 delas impróprias para cardíacos, dei-me uma folga e à noite fiquei em casa. Espreitei as notícias e vi que continuam sem resolver o caso dos inquilinos do "Coutinho", e vi dois indivíduos a dar um "passou bem", pareciam dois amores, um loiro e um moreno, cada um a concorrer com o outro, a ver quem tinha o penteado mais espatafurdio. Coitados! Apanhei uma nova série dinamarquesa na RTP2 "Escola de enfermagem", era o 1ºepisódio e aproveitei para ver, (não sei se terei oportunidade para ver os outros episódios). E depois quis agarrar-me a um livro, já tinha começado o livro de Agustina "Os meninos de oiro", mas percebi que a concentração para tal, era nula, e peguei na "A montanha entre nós" de Charles Martin. Em parte por ter aquelas horinhas livres inesperadas, estar sozinha, e o livro começar logo por cativar na 1º página, li logo 200 por causa das tosses, e que bem que me soube, há quanto tempo não fazia uma proeza dessas. Claro que não poderia deixar de espreitar os meus vizinhos aqui do sítio, que não sendo do "Picapau amarelo" é nosso e muito bom, e descobri que "Alice Alfazema" vai de férias. Confesso que fiquei preocupada, diz que precissa de mudanças na sua vida, remodelação, e eu desejo que consiga, sempre para melhor, e que volte com as suas belas imagens. Nos destaques, encontrei um blogue, "Pérolas da urgência",supostamente de um médico, que de uma maneira muito original, descreve episódios da medicina muito explícitos e espirituosos em formato de contos. Nunca percebi se existe febre interna ou não, e um dos contos fala disso, mas fiquei na mesma, até lhe deixei uma pergunta, à qual não sei se vou ter resposta, portanto se alguém se dignar  responder-me a este enigma, faça favor. Soube-me muito bem esta inesperada noite de folga, vou tentar repeti-la a bem da minha sanidade mental.

IMG_1527.JPG

 

 

10 comentários

Comentar post