Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pessoas e coisas da vida

pessoas e coisas da vida

09.03.21

O melhor ano da minha vida


imsilva

7ad97ab3a78091717eb26d3d75887180.jpg

Será possível termos um melhor ano?

Para fazer este exercício, terei de separar as águas.

Creio haver os melhores momentos da nossa vida, quando concretizámos aquela viagem, quando casamos com o nosso amor, quando conseguimos aquele objectivo que tanto ansiávamos, quando nascem os filhos, e tenho na memória pedaços de felicidade tão simples como uma deslocação de carro, já noite, com os filhos a dormir no banco de trás, e sentir que estava tudo bem, tudo no sítio em que devia estar.

Mas se tiver que escolher um ano, talvez escolha o ano do namoro (que sério, foi só um). 

O ano em que tudo parece possível, em que o coração parece que rebenta, em que o sorriso na cara é constante, em que todos os sonhos do mundo parecem estar ali à mão.

Depois tornámo-nos adultos com responsabilidades, com preocupações, mesmo que intervaladas pelos melhores momentos do mundo, e fica para trás aquela bela altura em que não há inquietações que nos toquem, que nos incomodem, porque éramos livres, porque nos achávamos invencíveis e donos das nossas vontades. 

Sim, definitivamente, (não me crucifiquem) o ano de namoro!

 

Este texto faz parte de mais um desafio de escrita da nossa abelhinha Ana de Deus

21 comentários

Comentar post