Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

pessoas e coisas da vida

pessoas e coisas da vida

07.08.19

Agradecimento geral aos "Cinquentas "


imsilva

20190406_150204 - Cópia (2).jpg

O meu muito obrigado, a todos os bloguistas que aderiraram ao meu desafio "Os cinquentas".      ( 17 blogs, 22 posts)

Independentemente, de ter sido um desafio proposto por mim, foi um enorme prazer ler os textos publicados.   

Sendo o tema o mesmo, a diversidade foi interessantíssima, todos muito bons, uns mais pungentes e emotivos, outros mais canastrões e divertidos, mas todos muito sinceros, escritos com vontade, e creio também com o coração.     

Aliás, creio que todos devem de ter apreciado os textos uns dos outros, e provavelmente ficaram a conhecer-se um pouco mais. Eu pelo menos fiquei!  

Gosto mesmo de ter estes vizinhos neste bairro, ou como costumo dizer, neste cantinho à beira net plantado.

Depois de ter dedicado todos os bocadinhos disponíveis a estar a par de tudo o que se publicava, (não queria perder pevide) vou relaxar um pouco a minha vigilância, (tenho mais que fazer, com muita pena minha). Não vou de férias, e vou continuar a espreitar e talvez a comentar menos, mas vocês são o meu escape ao stress, já que ler é ainda mais complicado.   

Mais uma vez ADOREI, foi muuuuuito bom!   

Eu creio que os "menores" devem de ter ficado com uma inveja descomunal dos "maiores", e devem de adormecer todas as noites a desejar que cheguem depressa os 50s (just kidding...)  

Quem tiver arranjado coragem entretanto, pode continuar a escrever sobre o assunto, houve quem dissesse que talvez o fizesse ainda, e está sempre a tempo.   

Preparem-se, porque acho que já sei qual vai der o desafio para o Natal.

Resmas de beijinhos de agradecimentos.

01.08.19

"Cinquentas" IV Festa


imsilva

DSCI1599[698].JPG

 

It´s my party!

Nunca gostei de fazer anos, não gosto de ser o centro das atenções, mas achei que os 50 tinham que ser marcados de alguma maneira. Então lembrei-me de juntar amigos de mais de 30 anos, que nunca se conseguiam juntar, por isto ou por aquilo.

Um desmarcou uma colonoscopia para poder assistir, outra ameaçou despedir-se se não lhe dessem folga naquela noite, outra sofreu para mudar o turno para estar livre, e isto a um terça-feira!

Todos apareceram, alguns de longe e juntar quem não se via há 30 anos, foi o maior prazer que tirei daquela noite. Pedi para não me trazerem prendas, quando muito uma flor, e enchi 3 jarras com todas as que me ofereceram. A foto é de uma delas. Fizemos uma mini-discoteca com as músicas que na altura dançavamos nas discotecas, e os meus filhos fizera um video com fotografias da minha vida, e com os depoimentos dos amigos, escusado será dizer que choro sempre que o vejo.

A papinha foi realizada por mim e pelo meu marido, muitos e bons petiscos, mas... não houve bolo de anos, nem me passou pela cabeça tal coisa, porque estava mais focada em ter os amigos ali, do que com o meu aniversário. E sabem uma coisa, não fez falta nenhuma, cantaram-me os parabéns na mesma...

Fiquei com a alma, o coração e a casa cheia de flores.

31.07.19

"Cinquentas" III Caracteristicas


imsilva

i-4.jpg

 

Caracteristicas

Cabelo branco (se não pintarem, o que é batota)

Algumas rugas (sim, ainda são só algumas)

Cintura mais larginha (há algumas sacanas com sorte)

Mania de dar conselhos (digam lá que não!)

Ser mãe de todos (que felizmente não somos)

Rabugisse (0k, pronto, uns mais que outros)

Tolerancia (mas não se estiquem)

Ah! E gostamos que nos digam que somos bonitas (vá lá, não custa nada)

29.07.19

" Cinquentas" I


imsilva

A madurez chega devagarinho, com pézinhos de lã, como quem não quer a coisa...

Queres ser madura?  NÃO

Mas quando dás por isso, já es uma pessoa madura e descobres que afinal gostas.

É como se estivesses no alto de um arranha-céus, e conseguisses ver tudo, umas coisas com mais nitidez do que outras, mas apecebes-te que antes não as conseguias ver de todo.

E sentes-te um bocadinho raínha sem coroa, sentes que já ganhaste um estatuto, que pensavas ser só de outros, e sentes que sabes tantas coisas, que antes nem te passavam pela cabeça. E sentes que tens capacidade de procurar coisas novas, com mais segurança, sem receios, como se uma couraça protectora te envolvesse. 

Claro que sofres, claro que como ser humano que és, há coisas que te vão correr mal, e pensas que já não tens tanto tempo para chegar a certos sítios. Logicamente não passas-te a ser um super-herói.

Entretanto, fazes reverências a quem ainda é mais maduro do que tu, reconheces que ainda tens mais uns patamares para subir, e esperas que também venhas a apreciar a vista de lá.

20190418_093930.jpg