Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

pessoas e coisas da vida

pessoas e coisas da vida

06.11.20

Desafio passa-palavra #7 Água


imsilva

20200722_174856.jpg

Chegava sempre à mesma hora

Sentava-se sempre na mesma pedra

Deixava os pés tocarem na água devagarinho, como se não quisesse partir o espelho onde via a sua imagem, mas era impossível.

Assim que tocava com o mais pequeno pedaço de si, a imagem reflectida distorcia-se e esfumava-se.

Era isso que sentia na sua alma, quando queria tocá-la, entendê-la, ajudá-la, esfumava-se por outros espaços, por entre espelhos de água noutro além.

E então chorava. Sentia-se perdida, sem rumo, sem chão.

Tentava ver o caminho, tentava com muita força imaginar um futuro, mas tudo se esbatia na impossibilidade de cura de quem lhe iluminava a vida. 

Naquele dia, desesperada, bateu com força os seus pés na água.

Naquele dia, não queria mesmo ver a sua imagem reflectida em espelho de água algum.

 

Desafio da Mel e da Mula

14.08.20

Marés


imsilva

20190312_164837_IMG_1869.JPG

Há quem viva ao sabor das marés

Vão e vêm, conforme a maré sobe ou vaza

Eu prefiro fincar os pés na areia, e aguentar o embate da onda sem sair do lugar, até sentir os pés a enterrarem-se na areia mole.

Por vezes, até subir na prancha e cavalgar as ondas, domando-as, não me deixando domar por elas.

E sentindo-me orgulhosa por isso.