Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

pessoas e coisas da vida

pessoas e coisas da vida

Altos e baixos

52 semanas de 2022 / 45

Novembro 09, 2022

imsilva

IMG-20221014-WA0012.jpg

 

Com altos e baixos se desenha o mundo

Com altos e baixos aprendemos a viver

Com os altos, sorrimos e sentimo-nos bem. Pensamos que tudo vale a pena, e que vamos lá ficar, em posição privilegiada. 

Com os baixos, sofremos, choramos e rogamos pragas. Pensamos que nada vale a pena, e que não conseguiremos dar a volta.

Tudo mentira!

Os que estão em cima caem, e os que estão em baixo levantam-se. 

Lei de vida, que felizmente acontece, para ninguém se ficar a rir de ninguém. Nem sempre é tão linear, mas, as hipóteses são muitas. Só temos de saber descobrir os altos e lutar por eles. Saber gerir os baixos e não deixar que vençam, seja em que situação for. Podem ser situações emocionais, económicas, ou as piores que são as de saúde. O importante é aprender a seguir em frente, valorizando os altos e respeitando os baixos. 

 

Participação no desafio da Ana de Deus

Abril 23, 2019

imsilva

Pois é , ando aos altos e baixos. Vou começar pelos baixos, para poderem ficar para trás. Eu sempre gozei um bocadinho com o "sindrome do ninho vazio", estava desejosa que me largassem as saias, que me deixassem sossegada, que não precisasse de estar sempre preocupada com as crias, e qual não foi o meu espanto, quando me comecei a sentir com a neura, assim para o deprimida, e percebi que era da casa estar muito vazia e eu não andar a ralhar com alguém. Dahhh! Dei por isso  a meados de Dezembro, quando ainda não tinha feito nada com os enfeites de Natal, ( o que não era nada habitual, é sempre logo no princípio do mês), e eu sem vontade de sair do sofá e enervada com a situação. Comecei a mandar mensagens às crias, ameaçando-as com vender a casa e comprar uma pequena onde não houvesse lugar para elas. Nesse dia apareceu logo a mais nova para nos dar um carinho, e pôs-se logo a montar a árvore de Natal. Foi o motor de arranque, enfeitamos o resto da casa, o presépio, tirei alguns pais natal do armário (tenho mais de 300), e a coisa compôs-se. Curiosamente, foi nesse dia que resolvi reabrir o blog, (abri em 2012) e decidi fazer malha, que não fazia há anos. Fiz duas camisolas para o Natal, (e já está, matei as saudades e acabou-se a malha). Foi um boom que aconteceu naquele dia, e ficou marcado, apesar de os baixos darem um ar da sua graça de vez em quando. E agora os pontos altos. O nosso trabalho (meu e do meu marido) obriga-nos a muitas horas de serviço, principalmente, quando os outros se divertem,(quando, não onde, que não somos ginecologistas nem urologistas), ou seja fins de semana, feriados e férias em geral.(Nem vale a pena falar dos três dias da Páscoa). E aí é que algumas almas caridosas se lembram de nos levantar o astral, de nos lavar a alma, de nos deixar com um sorriso de orelha a orelha, ou seja de nos oferecerem uns dos momentos altos da nossa vida. Obrigada aqueles clientes maravilhosos que nos procuram só para nos agradecer o serviço, para nos dizer que ficaram encantados, que foi muito bom e que com certeza voltarão.(Não tentem sequer imaginar qual o nosso trabalho, ok? provavelmente não é que o que estão a pensar). São momentos como esses que justificam o tempo, a energia, a atenção que temos que ter sempre perante  o serviço prestado, para podermos ter este feedback. Eu costumo dizer que "justifica o aue ando aqui a fazer".

20190131_124109[86].jpg

 

 

Livro dos contos de natal do Blog

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Livro dos contos de natal 2 do Blog

Em destaque no SAPO Blogs
pub