Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

pessoas e coisas da vida

pessoas e coisas da vida

04.03.22

Sabedoria infantil dos tempos actuais


imsilva

20220227_105743.jpg

 

O meu pai faz barcos pequenos em madeira à imagem dos reais das nossas praias. Teve COVID na semana passada, e como, felizmente estava bem, foi para a sua oficina trabalhar nos seus barquinhos.

Conselho do meu neto mais novo (5 anos) numa chamada em que soube o que o bisavô estava a fazer; - Avô, não podes estar a mexer nos barcos, porque depois vais oferecê-los às pessoas e pegas-lhes o COVID!

07.02.22

Eu, covidada me confesso.


imsilva

20220206_155525.jpg

Bela imagem, não é?

Transpira paz, descanso, aconchego. E seria tudo isso, se não tivesse sido uma obrigação, uma imposição sem direito a revolta. E seria tudo isso, se não tivesse havido febre, dores de cabeça, muita tosse, ranho e muita falta de paciência para tudo o que estava à minha volta. Mas, já passou, ainda em isolamento, mas mais tranquila. 

Ahhhh! Querem saber qual o livro que estava a ler? Isso é para depois, quando o acabar de ler. Porque não houve muita boa disposição para conseguir acabá-lo, a febre não é amiga de leituras.

09.01.21

2021, era suposto seres melhor !!!!!!


imsilva

8d45cf200e6384e6453450df935ca3cb.jpg

 

Como é que um ano tão novinho pode já estar a fazer tanta porcaria???

Foi ao supermercado e encheu um carrinho com acepipes e tudo o que seria necessário para um fim de semana em família.

Estariam os 3 filhos e os netos em casa, teria que ser nesse fim de semana, pois um deles regressaria a casa noutro país, e uma vez que iriam ser 2 dias de confinamento em que ninguém iria trabalhar, iria ser para aproveitar ao máximo.

Mas...As coisas nem sempre são como gostaríamos, não é?

O namorado de uma das filhas é internado com suspeitas de COVID,  ou seja, uma baixa, porque essa filha já não vai lá para casa. O filho esteve com um amigo que acabou de saber que está positivo. E a filha que acabou de chegar com os netos, decide voltar para casa, porque o seu trabalho é com pessoas de idade e não quer dar hipótese de levar o bicho até aos seus utentes.

Chora a filha quando vai embora, chora o neto a quem disseram que ia passar uns belos dias com os avós e os tios, e chora a avó , porque os envolvimentos são muitos, e sente que lhe estão a comandar a vida, completamente.

E agora, quando poderão  reunir-se todos outra vez???

Ninguém merece!