Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

pessoas e coisas da vida

pessoas e coisas da vida

22.10.20

10 contos, de 10 palavras

Simplicidade


imsilva

2b41ca1855bbd5f93f768cf3d9a802b2.jpg

1 - A Abelha viu a flor, pousou, e beijou-a com amor. 

2 - E o amor envolveu a dor e assim adormeceram entrelaçados. 

3 - Com um livro viajei até ao outro lado do mundo. 

4 - O mar enfureceu, virou a embarcação, e vidas se perderam. 

5 - O dia nasceu com alegria, e varreu a noite triste. 

6 - A chuva cai decidida e canta uma canção de embalar. 

7 - O bebé sorveu leite do peito da mãe e sorriu. 

8 - Quando as emoções se soltaram, voaram e a paz ficou. 

9 - Era um ninho de pássaros abandonado, se pudesse contaria histórias.

10 - Acordou, despertou, chorou, pensou, e decidiu nunca mais chorar assim. 

08.10.20

Desafio da abelha.


imsilva

 

Esta Abelha não para, e desafiou-nos outra vez.

Cá vai:

Folhas                                                         Árvore                                                            Chuva                                                               Sol                                                               Arco-íris                                                      Natureza                                                      Outono

05.06.20

Escrever ...


imsilva

3fd734113d18cca20f12c85b470fdb04.jpg

Gosto de ler, gosto muito de ler, mas também gosto muito de escrever. E quando se escreve com gosto, as letras voam e rodopiam antes de pousar elegantemente no papel.

Gosto de pôr no papel sentimentos e pensamentos que raramente ponho nas palavras ditas. O papel é meu amigo, adoro ver as folhas em branco, prontas para receber o que eu lá quiser escrever e adoro o aspecto com que vai ficando à medida que as palavras as vão preenchendo. E é meu amigo porque não se zanga, não se ofende, recebe sempre a tinta que eu imprimo com a caneta em forma de letras sem se queixar. Não critica, também não aplaude, mas o seu mutismo deixa-me sempre à vontade para dar asas à minha liberdade criativa.

E assim vou escrevendo rabiscos, por vezes gatafunhos que um dia podem ser alguma coisa, folhas sobre folhas de anseios, vontades, ideias ou seja, letras que quando juntas formam palavras, com as quais poderemos comunicar, para o bem ou para o mal, porque há palavras que podem salvar vidas,  mas também as há que podem magoar muito.

Ao longo da minha vida tenho exprimido em papel, palavras que na altura não tive coragem de dizer pessoalmente, ou por não ter tido a oportunidade de o fazer. Tenho guardadas palavras escritas que falam com um filho ainda não nascido, os desejos de que uma separação não seja o fim de alguém, ou a dor da perda de uma pessoa importante na minha vida.

Se há uma coisa material que não me poderá faltar na vida é ; livros, papel e algo com que consiga escrever as palavras que me enchem os pensamentos.

Escrever é um acto de reflexão, de desabafo e limpeza da alma.

05.05.20

Palavras...


imsilva

8ddb3fc173938e952e7d7f6bd2db383c.jpg

Palavras escritas

Palavras faladas, murmuradas

Palavras gritadas ao mundo, mudas e surdas

Palavras que fazem bem, que fazem mal

Palavras malditas, maldizentes e negras

Palavras mastigadas, cuspidas com ódio que mata

Palavras abençoadas, que salvam, vestidas de amor

Palavras benevolentes e doces, melosas

Palavras singelas, altivas, ocas

feias, bonitas, ricas e pobres

Dizem que... palavras leva-as o vento

Dizem que...palavras sem pensamentos por detrás delas, são como balões vazios

 

Hoje celebra-se, pela 1º vez, o Dia Mundial da Língua Portuguesa.